Anúncios

Pular de trem em trem pela Europa – comprar ou não o Eurail Ticket?

Calma, vou primeiro explicar o que é o Eurail Ticket.

Eurail é um passe de trens que permite pular de um trem para outro na Europa mediante o pagamento de uma taxa fixa.

24 países fazem parte dessa aliança e existem passes que englobam todos eles (o global pass), um conjunto deles ou apenas um. Também é possível escolher quantos dias de viagem você usará o passe, se 10 dias em 2 meses, 15 dias em dois meses ou todos os dias por 15, 21, 30, 60 ou 90 dias. E veja bem: um dia de viagem não significa uma viagem de trem – nesse dia, você pode pegar quantos trens quiser. Um trem noturno que começa depois das 7 da noite já conta como o dia seguinte.

A principal vantagem do passe é não se preocupar em comprar passes de trem e, em teoria, apenas pegar qualquer um na estação que esteja indo para o destino desejado. Na minha imaginação, era uma coisa meio diva, sem filas, sem preocupações, sem dramas.

mapa

Todas essas linhas estarão ao seu alcance.

Mas a verdade é que cada companhia de trens age de um jeito – e aí tem que ver se o passe vale mesmo a pena.

Será? 

A resposta a essa pergunta são duas outras perguntas: Quais países você quer visitar? e Você quer/pode planejar com antecedência o seu itinerário?

As passagens de trem na Europa hoje funcionam como as passagens de avião. Existem diversas promoções e quanto maior a antecedência da compra da passagem, mais baratas elas são. Muitos países também têm diversas empresas rodando por seus trilhos, algumas mais baratas (e toscas), como a rede pública italiana, outras de alta-velocidade e wifi frequentadas por executivos com dinheiro. Se compradas com antecedência, as passagens podem sair muito mais baratas que um dia de Eurail Ticket.

Alguns países (como a Alemanha e a Holanda) abraçaram de cabeça o Eurail e é realmente possível pegar quase qualquer trem que estiver na plataforma. Já na França, por exemplo, é preciso reservar um assento (e pagar uma taxa) em quase todos os trens que você for pegar com o passe. E na Itália as passagens são tão baratas que muitas vezes nem vale a pena usar o Eurail. Ou seja, nem sempre ter o passe é uma vantagem.

Para ir de Paris a Milão direto, por exemplo, o suplemento do trem era 50 euros, sendo que a passagem avulsa era 40 e poucos! (acabei indo de Paris a Munique e de lá a Bergamo, muito mais em conta apesar do tempo a mais de viagem).

Eu, no fim, comprei um Eurail Ticket.

Os motivos:

– Não queria engessar minha viagem pela Europa e ainda nem tinha todos os destinos planejados quando comprei o passe;

– Na Noruega, onde pegaria 3 trens, as passagens são mais caras de 44 euros mesmo tendo que pagar uma taxa a mais por trem noturno (mas tinha wifi, cobertor e máscara de dormir inclusos – amor s2);

– Eu pegaria vários trens que não necessitariam taxas a mais (ou que teriam taxas muito baixas).

A minha viagem iria durar um pouco menos de dois meses, saindo do norte da Noruega no dia  07 de agosto e chegando em Paris no dia 3 de outubro (comprei um trem rápido Eurostar de Paris a Londres pro dia 4 de outubro, então tinha que chegar!) e queria viajar à Suécia, Alemanha, Holanda e França no mínimo. Também havia a possibilidade de ir à Itália, cruzar o Mediterrâneo até a Tunísia e voltar (e foi o que decidi no fim das contas).

Para chegar à conclusão se valia ou não a pena comprar o passe, fiz um plano mais ou menos de quais trechos de trem eu iria pegar, simulei os valores das passagens se compradas com dois dias de antecedência (já que não queria comprar tudo antes, imaginei que esse seria o máximo de adiantamento que eu teria) e calculei quanto eu gastaria caso comprasse os bilhetes separados ou o Eurail Ticket.

Para ver os horários e preços, o site http://reiseauskunft.bahn.de (também disponível em inglês e espanhol) mostra a maioria das opções disponíveis e também os preços tanto das passagens quanto dos suplementes em caso de eurail/interrail tickets. Para ver só o valor da reserva, marque “seat only” no quesito “reservation” do site.

Explicando: o interrail é mais barato que eu Eurail e abrange mais países, mas só funciona se você tiver residência europeia.

Meu “planejamento”:

PhotoGrid_1359313413922

Sim, confusão.

Depois de muito fazer contas e planos, cheguei à conclusão de que o melhor para mim seria comprar um passe para jovens (na borda dos meus 25 anos, ufa!) de 10 viagens em 2 meses. Com esse passe, cada dia de viagem utilizado custou €43,50 e é claro que foi possível comprar passagens de trens normais nos dias que não valerem a pena utilizar o passe (trechos na Itália).

20130127_164244

Este é o meu passe, já todo marcadinho 🙂 No fim nem usei todos os 10 dias 

Descobri quase todas as informações que precisava para entender o Eurail no site do guru dos trens: Seat 61 (em inglês).

Reiseauskunft também tem um app pra celular (iphone, android e windows phone) sensacional que salva a vida na hora de saber os horários dos próximos trens e se é necessário reservar um assento ou não. Ele inclusive sugere rotas mais baratas/mais rápidas para o mesmo destino.

Mas Lívia, e as promoções incríveis da Ryanair? Meus motivos para viajar de trem na Europa estão aqui.

Anúncios
Comments
3 Responses to “Pular de trem em trem pela Europa – comprar ou não o Eurail Ticket?”
  1. ezio carlos costa disse:

    Boa tarde Lívia.  Novamente volto a entrar em contato. A sua mãe resolveu vender os livros antigos de culinária? Tenho acompanhado seu amor de Perpétua Mineira, pelas viagens.Você leu o e-mail que envie-lhe sobre a Perpétua Mineira, namorada de Tiradentes?Vou escrever uma bibliografia da culinária brasileira, por este motivo estou comprando os livros. Atualmente, faço uma revisão histórica, em um livro sobre os banquetes do Imperador D. Pedro II, será publicado ainda este semestre.Um abraço.Ézio Costa

    • Liv disse:

      Ezio, não vi outros e-mails seus! Pode enviar de novo?
      Minha mãe não venderá o livro, ela tem muito o que pesquisar em termos de receitas do livro e também é uma bibliófila.
      Desculpe… se quiser uma cópia xerox do livro, posso ver com ela se ela concorda em fazer essa cópia pra sua pesquisa.
      Beijos

    • Frank disse:

      sr. Ezio, estou fazendo um mestrado sobre Pedro II e a sua informação sobre o livro que trata dos banquetes do imperador deixou-me bastante curioso. O senhor poderia me dizer qual é a editora que vai publicar o livro e quem é o autor ? obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: