Anúncios

Sente-se e aproveite Trondheim

Trondheim é a terceira maior cidade da Noruega atual e foi a capital do país durante a era dos Vikings (até 1217). Ela fez 1000 anos em 1997, a cidade grande mais velha da Noruega, e é mais conhecida pela Catedal de Nidaros, que é lindona mesmo e um dos pontos de peregrinação religiosa da Europa. Não à toa, o selo da cidade (acima, no bueiro) é um arcebisbo levando um lero com o rei, que segura uma balança simbolizando o equilíbrio tenso entre Igreja e Estado.

Trondheim é cheia de água por todos os lados. Ali está a foz do rio Nidelva e um porto bem grande ao lado. É praticamente impossível ver a cidade sem uma esguelha de mar ou rio. Aproveite para passar a maior parte do tempo sem chuva do lado de fora aproveitando a vista!

A catedral é realmente muito bonita. Eu achei a fachada mais interessante do que a da Notre Dame em Paris, talvez por causa da aura do lugar, talvez por causa da quantidade indecente de personagens bíblicos por metro quadrado:

A entrada na catedral é paga e eu achei que não valeu a pena. São 80 kroners (pouco mais de 10 euros) que você pode gastar num café ou num sorvete às margens do rio Nidelva ao invés de observar um interior super escuro que não me interessou. O Duomo em Milão é grátis e bem mais legal, se você curte tapeçarias, pinturas, esculturas e outros artefatos sacros.

Gostoso mesmo é sentar do lado de fora da catedral e curtir o sol (se há) observando os peregrinos, os turistas e os noruegueses gatos passeando com seus cachorros. Eu tive sorte de estar lá no dia do mês em que eles coroam um santo esculpido na fachada (não entendi bem, não peçam para explicar), então foi uma diversão.

Além da catedral, outra atração turística histórica é a ponte velha da cidade sobre um dos lados do rio Nidelva e as casinhas coloridas (tipo o Bryggen de Bergen, mas com outro estilo arquitetônico) coladas umas nas outras em frente ao rio.

Evite a pose acima

Em uma margem estão restaurantes finos e casas de gente rica, mas do outro há cafés legais onde você pode se sentar com amigos ou um livro, cobertores nas pernas se estiver frio, e curtir a ótima trilha sonora do lugar. De qualquer um dos lugares, porque bom gosto musical habita a região.

Menos turisticamente está o incrível elevador de bicicletas, o primeiro do mundo, bem em frente à ponte. Ou estava: quando estive em Trondheim o elevador estava em reformas, acho que até a primavera de 2013 :/

É uma ladeirooooona mesmo, que poderia estar em Ouro Preto ou Diamantina. Esse vídeo na internet mostra como o elevador funcionava:

Fascinante! Quero voltar quando ele estiver funcionando de novo 🙂

Se estiver afim de se conectar com a natureza selvagem, não é preciso ir muito longe. Um tram sobe a montanha até a floresta de Bymarka onde dá pra fazer caminhadas e, quando há neve, esquiar.

A outra coisa a se fazer em Trondheim é descobrir mais cafés e bares legais, afinal essa é uma cidade universitária e não existe povo mais muderno e aconchegante que os noruegueses. Tome isso como missão e seja feliz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: